Poemas


O amor e a luta, a luta e o amor 

Tava pensando o que dá mais sentido a vida! 
O amor ou a luta? A luta ou o amor? 
Sinceramente não sei responder 
Nessas horas remeto-me ao velho Sócrates, 
Só sei que nada sei! 
E nesse embaraço de idéias vou seguindo... 
Argüindo, ruminando, explodindo. 

Há braços que lutam e braços que amam, 
Há motivos para lutar, assim como há motivos para amar. 
Somos lutadores com amor e amantes de luta. 
A mesma aurora que ilumina o amor reluz a luta e lampeja a mais dura das batalhas, 
Sejam elas de amor... Sejam elas de lutas... 

Então, vos pergunto! Somos de luta ou somos do amor? 
Pobres são aqueles que não amam... 
Pobres são aqueles que não lutam... 
Pobres mesmo são aqueles que quando lutam não amam e quando amam preferem não lutar. 

Jeimison Macieira

Nenhum comentário:

Postar um comentário